Onde Estamos

É dada a largada para a 4ª edição do Aluno Nota 10


                         Diretores 1 - Aluno Nota 10 - marco de 2016   Diretores 2 - Aluno Nota 10 - marco de 2016


Em reunião com diretores das escolas participantes do Aluno Nota 10 de Gramado, edição do ano passado, foram alinhadas as mudanças no Regulamento da ação social para o Ano Letivo 2016, que corresponde à 4ª edição. A partir de agora iniciam as inscrições das escolas para os trabalhos do ano, cujo encerramento está marcado para 11 de março de 2017, quando será realizada a Noite do Oscar, na ExpoGramado, com a entrega das estatuetas e prêmios destinados aos destaques da noite pelas empresas incentivadoras e padrinhos.

Além de contar com a maioria das direções e representantes das 20 escolas, esteve presente a secretária de Educação de Gramado, Julita Andreis; Bianca Henneman, da Gerência de Relacionamento/Comunicação e Programa “União Faz a Vida”, do Sicredi; Therezinha Mazzurana e Neusa Ecker, representando a Escola de Pais; e membros da Comissão de Organização do “Aluno Nota 10”, composta pelo Mini Mundo e Orbis Clube Gramado. O encontro foi realizado às 17h30 desta quinta-feira, dia 31 de março no Hotel Ritta Höppner.

 Depoimento do Diretor que não pode comparecer

 Após a reunião, Ana Gioconda Viezzer, do Orbis Clube Gramado, recebeu o seguinte e-mail de um diretor, o que demonstra a valorização do trabalho “Aluno Nota 10”. Compartilhamos essa emoção que nos move:

“Boa Tarde!!!

Infelizmente, de última hora, não pude comparecer ontem por conta de uma situação complicada com um aluno aqui da Escola. Sei que fui muito bem representado pela minha vice, mas fiquei triste. Afinal, ficamos muito felizes com a Duda (Maria Eduarda de Moura), nossa querida aluna nota 10 e queria expressar o quanto foi importante para nós esse prêmio. Sei que o prêmio é individual, mas vocês que conhecem a nossa história, as nossas angústias e, principalmente, a nossa tentativa de elevar a autoestima da nossa comunidade, sabem que foi um grande passo para mostrar que aqui também temos condições de ter uma aluna nota 10. Peço que transmita esse meu sentimento a todos os organizadores desse evento e contem sempre conosco para os projetos que estão por vir. Um abração! Francisco Santos da Silva – Diretor”

 

Mudanças para a 4ª edição

 Para organizar os trabalhos de avaliação foi remetido um questionário de avaliação uma semana antes da reunião para que os diretores apontassem pontos positivos e negativos. No encontro, a ênfase foi o debate sobre possíveis melhorias.

O que foi acertado para este ano é a valorização de todos os alunos que compõem as melhores turmas das escolas e do professor ou coordenador de cada uma destas turmas. Ou seja, na Noite do Oscar todos subirão ao palco na hora de receber o troféu da classe, sendo dispensada a indicação de um representante de turma.

Outra mudança recai sobre as categorias que não apresentam concorrência para montagem do ranking. Neste caso, a Escola inscrita remeterá a lista com os 10 alunos de sua escola que participam do ranking e a Comissão de Avaliação do Aluno Nota 10 indicará o melhor aluno da categoria.

Outras sugestões foram lançadas, como a aplicação de prova para os alunos indicados pelas escolas, ações que envolvam alunos de inclusão, incluir funcionários no processo de valorização proposto pelo Aluno Nota 10.

“Essas ideias serão amadurecidas e estudadas, atendendo o grau de dificuldade proposta por cada uma. Na 4ª edição, vamos manter as duas alterações que nos pareceram adequadas para o momento”, comenta a diretora do Parque Mini Mundo, Jussara Höppner.

 

Em estudo, reedição do SuperAção

 Por sugestão da Secretária Julita Andreis, será avaliada a continuidade do Projeto SuperAção, que no ano de 2015 teve por objetivo valorizar os professores e seus projetos aplicados em sala de aula, por meio de uma Feira Pedagógica. A feira aconteceu no ExpoGramado, motivou professores, alunos, diretores e comunidade, e o seu conteúdo resultou num livro. O objetivo principal da publicação foi o de compartilhar ideias entre professores. A continuidade depende do alinhamento do projeto com o Sicredi, que já realizada um concurso de projetos pedagógicos. Embora o SuperAção não seja um concurso, os dois projetos podem de alguma forma ser complementares e trazer gratificação aos mestres gramandeses.

 

Duas ações para as escolas que se inscreverem em 2016

 No ano de 2015, além do SuperAção o Aluno Nota 10 realizou palestras sobre Prevenção de Acidentes nas escolas, em parceria com o Corpo de Bombeiros e Orbis Clube Gramado. Neste ano são dois novos projetos a serem lançados, que podem ou não ter a adesão das escolas. Ou seja, não é obrigatório São eles:

 

1 - Projeto “Pais Nota 10”

 Será realizado uma parceria com a Escola de Pais e Orbis Clube Gramado. Em abril iniciam as inscrições para seis círculos voltados a pais ou mães: Educar é um desafio; Valores e limites na educação dos filhos; Pai, mãe e agentes educadores; A educação desde a infância até a puberdade; Adolescência: o segundo nascimento; A sexualidade no ciclo de vida da família. Os seis encontros serão sempre nas noites de 4ª feira, com início às 19h30 e duração de no máximo 1h45min. O local será definido na primeira semana de maio, após o fechamento do período de inscrição. Gramado terá quatro auditórios para estes encontros, para facilitar o deslocamento dos pais e mães.

 Os pais e mães que participarem do Projeto Pais Nota 10 receberão uma caderneta com seis espaços para selos criados pelo Mini Mundo. No final do ano, os pais ou mães que tiverem a caderneta preenchida concorrerão a prêmios surpresa

 

2 – Projeto Ética nas Escolas

 

A postura ética é um valor para qualquer organização e não poderia ser diferente para as escolas. Ao estruturar um Código de Ética, a comunidade estudantil constrói a sua forma de se relacionar, com base nos princípios da sua escola, e se responsabiliza em colocar em prática a conduta considerada correta por todos.

Tendo esse Código elaborado com a participação de todos, passa a ser mais simples orientar alunos, professores, funcionários em qualquer tempo. Afinal, a sua construção teve o envolvimento de todos em debates e síntese de ideias.

É natural que todo Código de Ética provoque inquietação, dúvidas e desejo de compreender mais sobre o que são condutas éticas e o valor que elas agregam na vida coletiva e individual. Desde a Grécia Antiga a Ética é tema de debate e a Filosofia nos mostra que o seu entendimento muda a cada tempo e região, justamente por ser uma construção coletiva que deve ser atualizada. O mundo muda, novas situações surgem e precisamos buscar estes ajustes.

O importante é entender que o objetivo final da Ética é oportunizar uma boa vida a todos.

 

Desafio lançado pelo Aluno Nota 10 – Ano Letivo 2016: A criação do Código de Conduta Ética na escola, com o envolvimento de alunos, professores, funcionários e diretor (a).

Quem vai provocar a construção: Parque Mini Mundo e seu parceiro Sicredi, por meio do União Faz a Vida, com o apoio do Orbis Clube Gramado

Como será a provocação: Serão propostas atividades a serem desenvolvidas. Somente no final de outubro será apresentado o resultado dos trabalhos em forma de um Código de Conduta Ética. A forma de apresentação é livre.

Jornalista Ana Maria Cemin – MTB 6574

BCMath lib not installed. RSA encryption unavailable