Onde Estamos  Baixe nosso App

Resultado do SuperAção

Divulgado o resultado do SuperAção, projeto

de valorização dos professores de Gramado

 Cerca de 30 professores das escolas gramadenses participaram do SuperAção, um projeto do “Aluno Nota 10” - 2015, realizado pelo Mini Mundo, cujo resultado está sendo divulgado hoje, por meio da Imprensa.

Ainda no primeiro semestre de 2015, os mestres foram convidados a participar dessa ação que visou aproximar professores e comunidade de Gramado, apresentando um projeto pedagógico aplicado por eles em sala de aula com uma boa eficácia de ensino entre os seus alunos.

Em comemoração ao Dia do Professor, os 25 projetos pedagógicos foram compartilhados em uma Feira Pedagógica, no dia 17 de outubro de 2015, no ExpoGramado, quando os professores mostraram as técnicas criativas para os seus colegas, pais e comunidade em geral.

“ Ficamos emocionados ao ver pais, professores, alunos, diretores e comunidade participando da Feira Pedagógica do SuperAção, realizada pelo “Aluno Nota 10”. A alegria foi tão grande que nos abasteceu de entusiasmo para continuarmos trabalhando com este incentivo à educação, envolvendo outros empresários e comunidade em geral. É muito gratificante apoiar o ensino”, comenta a diretora do parque Mini Mundo, Jussara Höppner.

A ação social voltada aos docentes é realizada pelo Parque Mini Mundo, em parceria com o Orbis Clube Gramado e Jornal de Gramado.

Confira o resultado da avaliação:


Avaliação do SuperAção

Equipe avaliadora: Loide Tissot, Therezinha Mazzurana, Selaine Arend, Ana Gioconda Viezzer e Ana Maria Cemin.

Resultado da avaliação: Reunidas no dia 10 de novembro de 2015, as avaliadoras do SuperAção, projeto de integração de professores criado para a edição 3 do “Aluno Nota 10” de Gramado, concluíram o seguinte:

1 – Após debater sobre cada um dos projetos individualmente, as cinco avaliadoras consideraram “todos”   importantes no processo do ensino. Alguns deles surpreenderam pela complexidade e pela interdisciplinaridade, outros pela forma divertida de aprender, outros, ainda, pelo foco na ciência e na construção de uma consciência que vai além da sala de aula. Portanto, a comissão considerou oportuno valorizar cada um dos professores participantes, destacando o ponto forte de cada projeto, que segue neste relatório.

2 – As avaliadoras consideraram justa a premiação dos projetos com o troféu “Aluno Nota 10”.

3 – Será impresso um livro com os 25 projetos, sendo este o principal prêmio dos professores, ou seja, ver os seus projetos compartilhados entre todas as escolas, inspirando atitudes e conquistando corações de mais colegas para "criar situações que transcendam a crise do ensino nacional".

 Pontos fortes de cada projeto:

 

 

1 - Tarsila e Picasso na Língua Inglesa

Professor Sérgio Luz e Souza – Escola Gentil Bonato

A coragem de envolver as artes no aprendizado da Língua Inglesa, conduzindo os alunos a uma experiência além do trivial. Ir além do óbvio.

2 - Formação de Leitores Autônomos

Professora Andréia Jardim – Escola Municipal de Ensino Fundamental Carlos Barbosa

Trabalho de base fantástico, que buscou o envolvimento das famílias de forma continuada dentro da escola, por meio da Literatura. Um trabalho admirável!

3 - Alimentação saudável, nossa vida bem melhor

Professora Margarete Ortiz Zili – Escola Municipal de Ensino Fundamental Nossa Senhora de Fátima

A ciência em benefício da saúde. A professora não só ensinou como aplicar o conhecimento na merenda da escola, como também transmitiu cultura para que as crianças interfiram no hábito alimentar da família.


4 - O debate em sala de aula como ferramenta de construção do aluno-cidadão

 

Professora: Lisiane Pinto dos Santos - Escola Municipal de Ensino Fundamental Nossa Senhora de Fátima

 

 Excelente projeto para lidar com a complexidade da Língua Portuguesa, cujo maior objetivo foi o desenvolvimento do poder de argumentação para qualificar a elaboração do texto.

 

5 - Escola Legal

Professora Mônica Raquel Scariot - CAIC                        

 O projeto desenvolve valores e instrumentaliza os alunos da escola para uma convivência saudável. Valoriza realidades distintas em um universo plural de ensino e o respeito mútuo. 

6 - Globo Terrestre

Professora Genicéia Pontes Di Concilio - CAIC

         As noções práticas do projeto trazem ao universo infantil o conhecimento de forma mais clara e ancorada na realidade. Onde cada conhecimento aprendido pode ser ligado ao Globo Terrestre?  

7 - Lixo vira arte

Professora: Silvia Laurino Strzoda - CAIC

A reciclagem e o reaproveitamento de materiais, num tempo em que muito nos preocupa a preservação do Meio Ambiente, foi o ponto forte do trabalho da professora em sala de aula.

 

8 - Nossos produtos

Professora: Silvia Laurino Strzoda - CAIC

O ponto forte foi a visão mercadológica dos produtos criados pelos alunos, com ênfase na criatividade.

 

9 - O Xadrez em Sala de Aula

Professora Mariângela Brolini – CAIC

O projeto transcendeu o objetivo inicial de busca de referências históricas e geográficas para construção do jogo de xadrez, passou pela produção artística dos alunos na concepção de suas próprias peças e tabuleiro, foi para o aprendizado do jogo, excelente para o desenvolvimento do raciocínio matemático. Mas o que ninguém esperava era que os alunos passassem a ter no xadrez uma prática frequente nas horas de lazer da escola. Surpreendente!

10 – O amor que liga Gramado

 

Professora Luciana de Oliveira – atende os anos iniciais e atendimento educacional especializado - CAIC

 O resgate do hino, tão pouco conhecido pelos gramadenses, e, a partir dele, fazer todo um estudo de linguagem e de valorização da cultura local foram os principais destaques do projeto.

11 - Crie o seu próprio jogo

Teacher Daniela Reginatto - EMEF Vicente Casagrande

 O forte do projeto é proporcionar a toda escola a oportunidade de aprendizagem da Língua Inglesa com os jogos criados pelos próprios alunos da professora.

12 - Siga o chefe

Teacher Daniela Reginatto e Professora Suzana – Presidente Vargas

A integração da Língua Inglesa com as aulas de Educação Física foi uma grande ideia pedagógica, pois cria a relação entre o que foi aprendido em sala com a atividade prazerosa.

 

13 – Quebra-cabeça das frases

 

Teacher Daniela Reginatto - EMEF Carlos Nelz/CAIC

Uma forma desafiadora de construir o pensamento com uma Língua Estrangeira.

 

14 - De olho no óleo

Professora Itanajara Vargas – Escola Municipal de Ensino Fundamental Maximiliano Hahn

 Aprendizagem de economia do lar, envolvimento das famílias e conhecimentos de matemática, química e ciências aplicados. Todos são pontos fortes, além do envolvimento criado pela pesquisa.

 

15 – Gramado entre as maravilhas do mundo
Professores Pedro Lazaretti e Magda – Escola Ramos Pacheco

 

 O resgate do amor a Gramado, fazendo uma conexão com as maravilhas do mundo; além do desenvolvimento da motricidade fina, habilidades em cálculos e conhecimentos de geografia e história são os pontos fortes deste projeto.

 

16 – Sustentabilidade

 

Professora Juliana Berti, Daniel Raber, Ivele Hertz e Pedro Lazaretti - Escola Ramos Pacheco

 Considerando a gravidade da grande produção de lixo e a sua destinação, este projeto contribui sensivelmente para a mudança de paradigmas não só dos alunos como também de toda a cidade de Gramado, adotando novas práticas de prevenção.

17 - Sustentabilidade e o Turismo como Economia

Professores Daniel de Almeida Raber e Ivele Hertz – Escola Estadual de Ensino Médio Boaventura Ramos Pacheco

Este projeto tem como ponto forte a relação entre a produção de lixo e o fluxo de turistas de Gramado. Ainda está em andamento e deve contribuir para a criação de mais consciência não só para gramadenses como também para quem passa pela cidade.


18 - pH e Logarítmo

Professoras Juliana Berti, Ivele Hertz e Daniel Raber – Escola Ramos Pacheco

 O projeto desenvolvido na sala de aula levanta uma questão muito séria: a relação do PH com as doenças. Seu ponto forte é a criação de uma consciência de que o aluno pode cuidar da saúde conhecendo um pouco mais sobre a característica químico-física de cada elemento e como age no corpo humano.

 

19 - Pirâmide Humana

Professora Sonia Schein – escolas municipais de ensino fundamental Mosés Bezzi e Pedro Zucolotto

 O envolvimento de todas as séries num aprendizado conjunto de colaboração, integração e conhecimento do seu próprio corpo é o ponto forte do projeto.

20- Cômodas Gramaticais

Professora Josiéli Benetti Faiz Spannenberger -Escola Nossa Senhora da Pompéia

Uma forma lúdica de relacionar os elementos estruturais de uma frase, partindo de um poema de Mário Quintana. Além disso, desperta o potencial criativo dos alunos na criação de sua própria cômoda.

21 - Desenvolvendo um Aluno Nota 10

Heleni Zissis Gersos Voltz - Escola Estadual de Ensino Fundamental Nossa Senhora da Pompéia

O ponto forte do projeto é o trabalho de conscientização da criança sobre a sua autogestão, levando em conta o seu relacionamento com colegas, pais, professores. A construção deste projeto está muito alinhado ao que o Aluno Nota 10 de Gramado deseja: criar comprometimento de todos com o ensino/aprendizagem.

22 - Educando com a Horta Escolar e Gastronomia

 

Professora Iracy Baretta - Escola Municipal de Ensino Fundamental Padre José Scholl

 Aula de geometria na horta? Sim e, ainda, o projeto é surpreendente por trabalhar com as crianças conceitos de reciclagem orgânica para composto da horta, plantio de hortaliças sem qualquer agrotóxico, conhecimentos do valor nutritivo do que plantam, colhem e consomem. Qualidade de vida é o ponto forte deste projeto.

23 - Curta em Espanhol

Professora Marta Eleonora Strieder - Escola de Educação Básica Ninho

O ponto forte deste projeto é a integração das artes e de três línguas no projeto: Português, Inglês e Espanhol. Ele refina o conhecimento estético dos alunos quanto à música, imagem, escrita, design, moda, artes plásticas.

24 - Bússola Caseira

Professor Róbison Santos – Escola Ninho

O resgate de uma técnica antiga de criação de bússola caseira, compreendendo os princípios da física, é o destaque deste projeto.

25 - Educar para uma vida inteligente e sustentável

Professora Márcia Fernanda Kruger – Escola Santíssima Trindade

Este projeto envolve conhecimento de várias áreas, com forte foco no reaproveitamento de materiais de forma inteligente e criativa. Além disso, cada criança é envolvida em estudos da natureza de forma prática. É um projeto considerado surpreendente!

Jornalista Assessora de Imprensa – Ana Maria Cemin

As 14,4 toneladas da 13ª Campanha do Alimento chegam ao seu destino


2977


A 13ª Campanha do Alimento do Mini Mundo entregou 14,4 toneladas de alimentos para entidades que atendem carentes em Gramado, Canela, Caxias do Sul, Nova Petrópolis, Três Coroas e São Francisco de Paula.

A festa de solidariedade, que tem como palco o Mini Mundo, conta com a parceria do Orbis Clube Gramado, responsável por arrecadar e distribuir todo o volume de alimento coletado nos dias em que o parque abre suas portas, tendo como ingresso apenas a doação de comida.

 

Neste ano, os principais alimentos distribuídos nas entidades e para famílias carentes foram arroz, feijão, farinhas de trigo e milho, açúcar, massa, óleo de soja e leite, além de outras diversidades de produtos não perecíveis discriminadas na tabela abaixo.

     

No ano de 2015, a Campanha aconteceu para todos os públicos nos dias 26 e 27 de setembro, com isenção de ingresso. Nos dias da semana anterior, as pessoas moradoras em Gramado e Canela e as escolas interessadas também tiveram oportunidade de levar os seus alunos para conhecer ou visitar novamente o parque, levando apenas 1 kg de alimento não perecível por pessoa.

 

Parte do volume de alimentos foi adquirida com a venda de roupas e acessórios no Bazar Troca-Troca. Muitas atrações foram apresentadas no final de semana, além do sorteio de brindes. Confira para onde foram os alimentos doados, na tabela que segue.

 

 

 

O DESTINO DOS ALIMENTOS DOADOS NA

13ª CAMPANHA DO ALIMENTO DO MINI MUNDO

(Volumes em kg)

 

 

ENTIDADE

 

ARROZ

 

FEIJÃO

 

FAR. TRIGO

 

FAR. MILHO

 

AÇÚCAR

 

MASSA

 

ÓLEO SOJA

 

LEITE

 

DIV.

 

TOTAL

 

Força Tarefa Serra Gaúcha

330

65

105

25

140

 

22

60

9

756

Gramado

Hospital São Francisco de Paula

150

70

100

50

50

50

10

30

5

515

São Francisco de Paula

Asilo Bom Pastor

100

50

50

50

50

50

 

50

 

400

Três Coroas

Hospital Três Coroas

 

 

200

53

150

50

 

48

 

501

Três Coroas

Inevan

100

50

 

 

40

50

15

40

32

327

Gramado

Igreja Adventista

70

80

60

30

20

 

5

30

3

298

Gramado

Marlene/ Ione Canela

10

5

10

5

 

5

3

9

1

48

Canela

Cáritas Canela

150

80

100

80

40

50

10

40

3

553

Canela

Amigos Solidários

 

 

150

50

100

 

 

 

 

300

Gramado

Hospital de Canela

200

100

150

50

50

50

10

48

10

668

Canela

Escola David Canabarro

100

50

80

40

50

50

 

15

4

389

Gramado

Clínica Mein Haus

60

25

20

10

15

20

10

100

6

266

Nova Petrópolis

Cáritas Gramado

400

100

30

 

30

115

6

 

4

685

Gramado

Associação Brilho do Sol

80

60

75

10

60

50

26

120

6

487

Gramado

Asilo Vovó Doralina

 

50

 

 

50

30

30

100

10

270

Gramado

Casa Lar Canela

150

50

50

40

50

30

10

24

16

420

Canela

Instituto Padre Franco

100

50

30

12

30

50

10

50

12

344

Canela

Amigos Solidários Caxias

500

100

270

100

300

120

 

 

 

1390

Caxias do Sul

Carmen e Terezinha

100

50

50

40

70

70

10

20

2

412

Gramado

Famílias Norma Boff

120

116

160

37

56

60

32

249

 

830

Gramado

CRAS Canela

100

50

50

40

40

40

 

5

 

325

Canela

Oasis Santa Ângela

100

50

80

50

50

 

37

15

3

385

Canela

Hospital Arcângelo São Miguel

210

50

 

50

100

50

20

 

15

495

Gramado

CREHER

100

50

50

35

50

50

5

15

 

355

Gramado

Famílias Diversas

487

296

257

142

296

385

412

578

123

2976

Gramado e Canela

TOTAL DISTRIBUÍDO

3717

1647

2127

999

1887

1425

683

1646

264

14.395

 

 

Jornalista Assessora de Imprensa – Ana Maria Cemin – MTB 6574

Ainda é possível doar para a Campanha do Alimento



Até o final do mês de outubro é possível doar alimentos para a 13º Campanha do Alimento do Mini Mundo, que tem a parceria do Orbis Clube de Gramado na logística de coleta dos alimentos e distribuição para entidades que atendem pessoas e famílias carentes. Para doar, basta informar a presidente do Orbis, Rosmari Ramm, pelo fone 54 99189527 ou para Marcos Ramm, pelo fone 84083232. A entidade irá até o local para coletar.

 

A Campanha deste ano ocorreu de 21 a 27 de setembro, período de muita chuva, o que prejudicou a visitação ao parque, quando o ingresso era apenas 1 kg de alimento não perecível. Independente do resultado, a campanha foi um sucesso e deve contribuir para amenizar a fome de muitas pessoas que passam por crises temporárias ou situações mais difíceis e contínuas, por alguma deficiência ou falta de condições de trabalhar, como crianças e idosos.

 

“Podemos compensar a falta de bom tempo ligando para os fones dos integrantes do Orbis e fazer a doação até o final do mês. Eu acredito que, desta forma, podemos atingir um bom patamar de arrecadação”, comenta a diretora do parque Mini Mundo, Jussara Höppner, lembrando que a campanha de solidariedade no ano passado teve grande êxito, com mais de 21 toneladas. “Neste ano não chegaremos perto disso, mas toda a equipe do Orbis e do Mini Mundo estão de parabéns, assim como as pessoas da comunidade que estenderão a mão e contribuíram”, diz ainda.

 

De acordo com Jussara, nos primeiros dias de novembro saberemos a quantidade arrecadada e para quais entidades foram entregues os alimentos, com a finalização do relatório do Orbis Clube Gramado. Tão logo aconteça, o parque Mini Mundo repassará os dados para a imprensa.



CampanhaImagem com parte da arrecadação deste ano


Assessoria de Imprensa – Ana Maria Cemin



Palestras nas escolas

bomb

Gibi do Mini Mundo e palestras dos bombeiros

preparam as crianças para a prevenção de acidentes

 

 

Numa ação do “Aluno Nota 10”, as escolas municipais, estaduais e particulares de Gramado inscritas no projeto voltam a ser visitadas no mês de novembro, para alunos e professores conhecerem as medidas preventivas de acidentes.

 

A atividade é realizada pelo Mini Mundo em parceria com o Corpo de Bombeiros, que realiza as palestras, e com o Orbis Clube Gramado, que agenda as escolas. Juntos, Mini Mundo, Corpo de Bombeiros e Orbis Clube Gramado reservaram as quartas-feiras dos meses de setembro e novembro para efetuarem as suas visitas. O objetivo é de orientar alunos, professores e comunidade sobre as principais causas de acidentes e como agir de forma preventiva.

 

 

O ponto de partida do trabalho foi identificar os principais sinistros atendidos pelo Corpo de Bombeiros de Gramado. A partir daí foi criado o Gibi da Turma do Mini Mundo com ilustrações informativas do que devemos ou não devemos fazer em situações de perigo. O gibi tem 16 páginas, onde são abordados sete temas principais: braseiros e aquecedores; fogos de artifícios; fogão à lenha e lareira; rede elétrica; cozinha; ingestão de remédios, de produtos de limpeza e de substâncias tóxicas.

 

Nas palestras, além de representantes do Corpo de Bombeiros, estão presentes personagens do parque Mini Mundo e integrantes do Orbis Clube Gramado.

Projeto Super Ação

Super Ação !

O “Super Ação” faz parte da terceira edição do Aluno Nota 10 e tem como desafio envolver o professor gramadense para o movimento de valorização do ensino/aprendizagem. A inscrição no projeto foi absolutamente simples, bastando a remessa de um e-mail para a orbiana Ana Gioconda Viezzer, informando nome, série em que leciona e Escola.

Nesta segunda etapa, os quase 50 professores foram convidados a enviar um resumo do seu trabalho, com prazo até o final do mês de setembro. O parque  Mini Mundo e o Orbis Clube de Gramado  estão à frente da organização de uma feira pedagógica, com a presença de alunos, colegas, professores e comunidade, onde os melhores projetos serão destacados.

De acordo com Ana Gioconda, do Orbis Clube Gramado, entidade parceira do Mini Mundo nas ações sociais, a aceitação do “Super Ação” por parte dos professores foi muito boa e representará 17 Escolas. “Uma demonstração de grande interesse em compartilhar técnicas pedagógicas e ampliar horizontes”, conclui.

BCMath lib not installed. RSA encryption unavailable