• Close Menu

    Limpador de Chaminés: conheça o habitante aventureiro do Mini Mundo

    Mini Cidade   |   14/10/2020

    A turma do Mini Mundo reúne diversos personagens, que inclusive já apresentamos aqui no blog. O mais aventureiro deles é o Limpador de Chaminés. Você sabia que encontrá-lo pode trazer boa sorte? Fique conosco e entenda como surgiu essa superstição.

    O limpador de chaminés na tradição alemã

    O limpador de chaminés, ou schornsteinfeger, é uma figura muito admirada na Alemanha. Por lá, esse trabalhador usa um uniforme bem específico, com cartola e casaca preta de botões dourados. Assim, fica fácil identificá-lo na rua. E algumas pessoas até pedem permissão para tocar na roupa dele, pois isso traria sorte.

    Mas o que explica tal crença? Primeiro, porque o profissional remove a fuligem das chaminés das casas, abrindo espaço para a entrada de ar puro. Os antigos acreditavam que, dessa forma, as energias ruins iam embora junto com a fumaça da lareira.

    Os limpadores de chaminés de hoje em dia também inspecionam o sistema de calefação. Ou seja: eles garantem um inverno quentinho e seguro para as famílias

    Como essa atividade geralmente ocorre na virada do ano, período em que o frio fica mais intenso no Hemisfério Norte, o moço da casaca preta tornou-se um amuleto de réveillon. Sua presença está ligada à chegada de bons presságios.

    Está programando sua viagem para Gramado? Evite filas, garanta já seu ingresso antecipado no banner abaixo:

    As aventuras do Limpador de Chaminés no Mini Mundo

    As aventuras do Limpador de Chaminés

    O Mini Mundo conta com seu próprio schornsteinfeger. Por aqui, nosso Limpador de Chaminés também veste o uniforme preto de botões dourados, como manda a tradição.

    Se você o encontrar durante uma visita ao parque, não hesite em tirar uma foto a seu lado. O registro, com certeza, vai trazer dias afortunados para a sua vida!

    Mas o Limpador de Chaminés do Mini Mundo é muito mais que um amuleto de boa sorte. Aventureiro e cheio de energia, ele já percorreu cada cantinho de nosso terreno e sabe tudo sobre as miniaturas. Você quer descobrir quanto tempo levou para uma construção ficar pronta? Ou quantas edificações reais estão representadas por aqui? Fale com ele!

    Como se não bastasse todo o conhecimento, esse trabalhador incansável ainda cuida dos trens e dos componentes eletrônicos do parque. Sua dedicação faz com que nossa minicidade funcione direitinho, para a satisfação dos mais de 3,4 mil mini-habitantes que aqui residem.

    Dica: Conheça os personagens do Mini Mundo

    A relação do Mini Mundo com a Alemanha

    Mini Mundo

    A esta altura, talvez você esteja se perguntando como uma tradição do Velho Continente veio parar no Brasil. Bem, não é surpresa que a cidade de Gramado/RS, onde está localizado o Mini Mundo, foi colonizada por imigrantes europeus. A família Höppner faz parte dessa história.

    O casal Otto (alemão) e Ritta (brasileira) chegou à Serra Gaúcha na década de 1950. De início, os dois abriram o Hotel Ritta Höppner, cuja arquitetura remete aos casarios encontrados no outro lado do Atlântico. Anos depois, o jardim da propriedade ganhou uma casa de bonecas, um trenzinho elétrico e um castelo em miniatura. Era o começo do que viria a ser o Mini Mundo. Conheça mais sobre nossa história!

    Dica: 8 motivos para visitar o Mini Mundo em Gramado

    E lembre-se: o Limpador de Chaminés está esperando pela sua visita, junto com todo o restante da turma. Até breve!

    Compartilhe nas redes:

    post_building1.png post_bottom_img2.png post_building2.png

    Cadastre-se para saber
    das novidades!